Login

Em discurso de posse, Toffoli fará apelo por conciliação

Novo presidente do STF ressaltará em discurso que o Brasil precisa coordenar suas diferenças
segunda, 10 de setembro de 2018

O ministro Dias Toffoli vai assumir a  presidencia do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), nesta quinta-feira (13). Em seu discurso, que já está pronto, Toffoli vai ressaltar que, para atravessar a crise, o Brasil deve saber coordenar suas diferenças.

Durante seu próximo biênio, o magistrado pretende fortalecer a harmonia entre os poderes e os próprios magistrados da Corte, após os sucessivos desgastes nos últimos meses. O ministro também pretende adotar um perfil diplomático e conciliador para incentivar as boas relações interpessoais entre os colegas.

De largada, Toffoli quer investir em uma pauta comum entre Legislativo, Executivo e Judiciário criando uma coordenadoria no CNJ para diagnosticá-las, estimar as cifras e agilizar procedimentos de conciliação para destravar o que está parado, como por exemplo, obras de infraestrutura empacadas há anos no país por força de decisões judiciais.

A diretora da Vamos Conciliar Mirian Queiroz, explica que a conciliação e a mediação são meios alternativos que crescem a cada dia e, incentivos de autoridades só confirmam que o melhor caminho é sempre o acordo.

“A sociedade precisa entender e se adaptar aos meios alternativos de solução de conflitos. Mudar toda uma cultura não é tarefa fácil e nem rápida, mas estamos caminhando para tornar possível” finaliza.

*Informações Valor Econômico

comentários

Fale Conosco

Entre em contato conosco e tire suas dúvidas sobre a conciliação.
Atendimento em horário comercial.