Login

Conflitos de empresas familiares podem ser resolvidos pela mediação

quarta, 12 de julho de 2017

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), mais de 90% das empresas constituídas no país são familiares. A pesquisa aponta, ainda, que de cada 100 empresas familiares abertas e ativas, apenas 30 sobrevivem à primeira sucessão e cinco chegam à terceira geração.

Um dos principais desafios enfrentados no momento da transição de uma geração a outra são as brigas entre os herdeiros pelo poder. Essa situação, além de distanciar os familiares de vez, ao contrário de solucionar o conflito, torna-o ainda maior. Com o processo judicial as desavenças aumentam, até pela necessidade de que uma parte reforce, e prove, os argumentos da tese que expôs no processo.

Além disso, a disputa acarreta prejuízos financeiros, e sobretudo emocionais, para as duas partes. Em alguns casos, sócios são afastados da administração e em situações mais críticas chegam a ter a distribuição de lucros suspensa. Proferida a sentença, é difícil que os envolvidos com ela se conformem e a cumpram espontaneamente.

Com os processos judicias a briga se prolonga, a imagem e a gestão da empresa  são comprometidas e os investidores se afastam.

Nesse contexto, a gestão preventiva de conflitos através da mediação empresarial familiar aparece como uma das opções mais úteis para tratar a questão.

A mediação pode ser utilizada para facilitar a conversação dentro do ambiente corporativo, tanto entre sócios parentes como entre os demais atores da empresa e antes mesmo que o conflito venha à tona e mostre apenas seus efeitos prejudiciais. Isso facilita a comunicação e o alinhamento de interesses, tornando a ação judicial mais improvável.

Para a coordenadora da Câmara de Conciliação on-line Vamos Conciliar, Perla Cruz, a mediação é sem dúvida a melhor ferramenta para a resolução de conflitos entre sócios em empresas familiares, pois através do conflito o clima organizacional fica prejudicado com eventuais impactos na produtividade, o que precisa ser restaurado rapidamente para que a harmonia interna seja retomada e a empresa volte ao seu ritmo normal.

Depois do fechamento do conflito, a mediação também será extremamente útil como método facilitador da construção de acordo, o que pode ocorrer antes mesmo da submissão do problema aos tribunais. ​

comentários

Fale Conosco

Entre em contato conosco e tire suas dúvidas sobre a conciliação.
Atendimento em horário comercial.