Login

CEF encerra com sucesso mutirão de conciliação com moradores de prédio-caixão, em Recife

Mais de 80% dos casos envolvendo ocupantes foram resolvidos por meio da conciliação
quarta, 25 de abril de 2018

Os ocupantes dos prédios-caixão, da Caixa Econômica Federal (CEF), em Recife conseguiram a posse definitiva dos apartamentos por meio de um mutirão realizado pela Justiça Federal em Pernambuco (JFPE), em parceria com a câmara privada de mediação, conciliação e negociação Vamos Conciliar e a CEF, nos dias 16,18, 19 e 20 deste mês.

Esses apartamentos possuem  a estrutura autoportante, ou seja, não poderiam passar por alterações. A maioria dos prédios passou por modificações e tiveram algumas avarias. Para verificar se os imóveis poderiam ser habitados, a justiça determinou que peritos fizessem uma vistoria para que posteriormente pudesse negociar com o os ocupantes.

Após a liberação da equipe que vistoriou todos os edifícios, a Justiça Federal por meio do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) intimou os moradores para realizar o acordo com a CEF. Foram oferecidos descontos de até 80% em relação ao valor do apartamento, desde que os compradores façam reparos e a prevenção de acidentes.

Para o militar da reserva, André Luís Pontes, foi um alívio resolver essa situação. “Conseguimos resolver de maneira rápida, sucinta, sem traumas e justa. Era exatamente isso que procurávamos”, comemora.

Para a servidora do Cejusc Recife, Rikelane Vasconcelos, o objetivo do evento era garantir que as pessoas conquistassem a moradia e difundir a cultura de pacificação. Além disso, a servidora destacou a importância do trabalho em parceria com a Vamos Conciliar. “As pessoas se sentiram bem acolhidas e atendidas, tivemos um atendimento diferenciado e de qualidade. Conseguimos cumprir com a proposta do evento, obtivemos um bom percentual de acordos. Foi um sucesso”, explica.

A dona de casa Neide Ribeiro não escondeu a alegria por ter colocado fim no assunto que lhe tirava o sono e aprovou a conciliação. “Resido no apartamento há 26 anos. Passei por leilões e outro problemas ao longo desse tempo. Hoje, posso dizer que o imóvel é meu, eu queria muito resolver essa situação e consegui. Agora, só tenho a agradecer”, celebra.

O coordenador jurídico de conciliação da CEF também comemorou os resultados obtidos durante o mutirão. “A Intenção da Caixa era resolver a situação das pessoas que moram nesses prédios e o resultado não poderia ser melhor. A presença da Vamos Conciliar permitiu uma ampliação no número de acordos. Foi uma parceria muito exitosa”, esclarece. 

Para a diretora da Vamos Conciliar, Izabele Holanda, o resultado não poderia ser mais satisfatório. “A Vamos Conciliar promoveu a possibilidade de acordo entre as partes e atuou com um braço da Justiça. Tivemos um índice de acordo incrível e mais de 80% de aprovação”, celebra.

comentários

Fale Conosco

Entre em contato conosco e tire suas dúvidas sobre a conciliação.
Atendimento em horário comercial.